Ânsia

Assisti ao espetáculo ânsia no Sesc Pinheiros em seu último dia, sem conhecer muito o trabalho de Sarah Kane e David Hockney e nem da Cia Perversos Polimorfos. Amei, sem ao menos entender direito porque, o trabalho foi realizado no subsolo do teatro, nas palavras do diretor:  “O palco vazio é explorado no design de luz que procura ampliar a sensação de solidão tão presente na obra de Sarah Kane: o subsolo”.

Realmente ao assistir, o sentimento de solidão, presente na obra dos dois artistas, faz-se presente, em especial no começo do espetáculo, que a mim, gerou incômodo. Por um bom tempo, os bailarinos ficavam em total silêncio, apenas falando ao ouvido…

Ao pesquisar a respeito da peça, vi que muito do que foi feito ali é improviso, e é impressionante. O espaço do subsolo é muito bem explorado e os jogos de luz, primeiramente em cada integrante individualmente e depois alterando entre os espaços é realmente muito bonito.

O final, com os vasos… to longe de ser crítica de alguma coisa, apenas digo que me emocionou, e acho que isso é o que vale.

Pesquisei o texto de Sarah, e vi que fala sobre amor, violência, e as relações em geral com essas características. Tem 4 personagens, porém descritos por letras, A, B, C e M e designam arquétipos interligados.

Cito alguns trechos que me chamaram atenção:

C – Você morreu pra mim.
B – Meu testamento diz, Foda com tudo isso e eu vou teperseguir pro resto da porra da tua vida.
C – Ele tá me seguindo.
A – O que você quer?
B – Morrer.
C – Em algum lugar fora da cidade, eu falei pra minha mãe, Vocêmorreu pra mim.
B – Não, não é isso.
C – Se eu pudesse me livrar de você sem te perder.
B – Às vezes isso não é possível

A – Quero dormir ao seu lado e fazer suas compras ecarregar suas sacolas e dizer o quanto eu amo estar comvocê apesar deles continuarem me obrigando a fazercoisas estúpidas.
M – Não sou eu, é você.
B – Uma porra sem pé nem cabeça.
M – Cartão de ponto.
C – Seis meses de plano.
A – E quero brincar de esconde-esconde e dar minhasroupas para você e dizer que eu gosto dos seus sapatos e sentar nos degraus enquanto você toma banho e massagear seu pescoço e beijar seus pés e segurar a sua mão e sair para jantar e não me importar quando você   comer minha comida e encontrar você no Rudy e falar sobre o dia e digitar suas cartas e carregar suas caixas erir da sua paranóia e te dar fitas que você não vai ouvir eassistir a belos filmes e assistir a filmes horríveis e reclamar do rádio e tirar fotos de você quando você estiver dormindo e levantar para te levar o café e
pãezinhos e geléia e ir ao Florent e tomar café à meia-noite e deixar você roubar meus cigarros e nunca achar os fósforos e contar pra você sobre o programa de TV que eu vi na noite passada e te levar ao oculista e não rir das suas piadas e querer você de manhã mas deixar você dormir mais um pouco e beijar suas costas e acariciar sua pele e dizer quanto eu amo seu cabelo seus olhos seus lábios seu pescoço seus peitos sua bunda e sentar nos degraus e fumar até seu vizinho chegar em casa e sentar nos degraus e fumar até você chegar em casa e me preocupar quando você estiver atrasada e me surpreender quando você chegar mais cedo e te dar girassóis e ir à sua festa e dançar até não poder mais e me desculpar quando eu estiver errado e ficar feliz quando você me perdoar e olhar suas fotos e querer ter te conhecido desde que você nasceu e ouvir sua voz no meu ouvido e sentir sua pele na minha pele e ficar assustado quando você estiver zangada e um de seus olhos ficar vermelho e o outro azul e seu cabelo cair para a esquerda e seu rosto parecer oriental e dizer para você que você é linda e te abraçar quando você estiver ansiosa e segurar você quando você se machucar e querer você toda vez que eu te cheirar e te ofender quando te tocar e choramingar quando estiver do seu lado e choramingar quando não estiver e babar nos seus seios e cobrirvocê de noite e sentir frio quando você tirar meu cobertor e calor quando você não tirar e me derreter quando você sorrir e me acabar por completo quando você gargalhar e não entender porque você acha que estou te rejeitando quando eu não estou te rejeitando e pensar como você pôde achar que alguma vez te rejeitei e pensar em quem você é e te aceitar de qualquer jeito e te falar sobre o garoto da floresta encantada que atravessou ooceano porque te amava e escrever poemas para você e pensar por que você não acredita em mim e sentir tão profundamente que eu não ache palavras pra expressar esse sentimento e querer te comprar um gatinho do qual eu teria ciúmes porque ele teria mais atenção do que eu e deixar você ficar na cama quando você tiver que ir e chorar como um bebê quando você finalmente for e me livrar das pontas e te comprar presentes que você não queira e levá-los de volta e pedir para você casar comigo e ouvir você dizer não
mais uma vez
mas continuar pedindo porque apesar de você achar que eu não estava falando sério eu sempre falei sério desde a primeira vez que te pedi em casamento e vagar pela cidade achando que ela está vazia semvocê e querer o que você quer e achar que estou mevperdendo mas saber que estou seguro quando estou com você e te contar o que eu tenho de pior e tentar te dar oque eu tenho de melhor porque você não merece nada menos do que isso e responder suas perguntas quando eu preferir não responder e dizer a você a verdade mesmo quando eu realmente não queira e tentar ser honesto porque eu sei que você prefere assim e achar que está tudo acabado mas agüentar por mais dez minutos antes de você me jogar fora de sua vida e esquecer quem eu sou e tentar ficar mais próximo de você porque é lindo aprender a te conhecer e vale a pena o esforço e falar mal alemão com você e falar hebraico pior ainda e fazer amor com você às três da manhã e de alguma forma de alguma forma de alguma forma expressar um pouco deste esmagador embaraçoso interminável excessivo insuportável incondicional envolvente enriquecedor-de-coração ampliador-de-mente progressivo infindável amorque eu sinto por você.
C – (Sussurrando até A parar de falar) isso tem que parar isso tem que parar isso tem que parar isso tem que parar isso tem que parar isso tem que parar isso tem que parar isso tem que parar isso tem que parar (Depois em volume normal.) isso tem que parar isso tem que parar isso tem que parar
A – Eles não entendem? Tenho coisas importantes prafazer.
C – Está ficando pior.
A – Estou perdido, fodidamente perdido nessa zona que é a mulher.
B – Ela quer um filho pra ontem.
A – O que eu farei quando você me jogar fora?
C – Escute.
B – Olhe.
C – Escute. Estou aqui pra lembrar. Eu tenho que…lembrar. Eu sinto essa amargura e não sei por quê.
A – Você é sempre tão linda, mas fica ainda mais linda quando goza.
C – Aquela criança violenta aterrorizada paralisada.
A – Quando ela fica com muita muita raiva ela vai tirando a roupa e conforme a raiva vai diminuindo é menos provável que ela me deixe chegar perto dela .
 Muito bom mesmo! mais uma pra ler e se encantar…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: